01/07/2017

Sete leva o vice no Brasileiro de Bolão

Bolão Feminino 2017

Equipe feminina do clube foi superada por apenas 15 pinos pelo time da casa


Canoinhas – O bolão feminino do Clube Esportivo Sete de Setembro é o segundo melhor do Brasil. De 6 a 9 de julho, nas pistas da Sociedade Beneficente Operária, em Canoinhas, Santa Catarina, a seleção da entidade sagrou-se vice campeã do campeonato Brasileiro de Clubes Sênior Feminino de Bolão – Bola 23.
A conquista foi intensamente comemorada pelas atletas e também pelo diretor do departamento do Sete, Valmor Purper. “O troféu de campeão escapou no detalhe. Foram apenas 15 pinos de diferença”, disse Purper, que também foi o capitão do time.
“É a nossa melhor colocação, fruto de muitos treinos e de parcerias que vêm de muitos anos”, completou.
O evento reuniu 13 seleções, três do Rio Grande do Sul (Clube Esportivo Sete de Setembro e Clube dos 15, de Lajeado e ainda mais uma equipe de Venâncio Aires), cinco do Paraná e cinco de Santa Catarina. Clube dos 15, que terminou na colocação, teve a atleta Cláudia Fauri como destaque individual, recebendo o troféu Braço de Bronze, como a terceira melhor jogadora do Brasileiro.
Delegação
O grupo de jogadoras foi formado pelas bolonistas Sandra Maria Brenner Gisch, Maragarete Tischer Bonemetti, Ana Maria Bergamaschi, Melitina Vettorazzi, Valesca Gallas, Neusa Baldi Nunes, Cledi da Silva, Iraci Becker, Rejane Maria Giovanella, Alaídes Backes Morschheiter, Regina Maria Purper, Elaine Schneider e Adilse da Silva.

Pontuação da Final
1º) Operária (SC) – 1726 pinos
2º) Sete de Setembro (RS) – 1711 pinos
3º) 1º de Julho (SC) – 1704 pinos
4º) Liberdade (SC) – 1687 pinos
5º) Clube dos 15 (RS) – 1682 pinos
6º) Vividense (PR) – 1669 pinos

Confraternização
Como reconhecimento pelo feito do selecionado, a direção do Sete de Setembro homenageou as vice-campeãs na noite de segunda-feira (10), com um jantar.
Em seu pronunciamento na noite festiva, Valmor Purper, salientou que o título escapou por entre os dedos. “No ano passado ficamos com a terceira colocação. Neste ano, com o vice-campeonato. Em 2018, a competição será sediada no Rio Grande do Sul. Faremos todos os esforços para que nossa entidade consiga sediar este grande evento. Vamos lutar pelo inédito título de campeões”, analisou o capitão da delegação.
Também usou a palavra o presidente do Sete, Marcos Mallmann. “O sentimento de todos é de muito orgulho pela conquista de cada uma de vocês. A garra e perseverança e união de todas já se refletiu com o percurso de 582 km em uma van, que sabemos não é o veículo apropriado para uma viagem tão longa”, enalteceu o mandatário.