07/06/2019

Inter 2019

Vasco vence Inter em São Januário e deixa a lanterna do Brasileirão

Inter 2019
Vasco vence Inter em São Januário e deixa a lanterna do Brasileirão
Cruz-Maltino superou o Colorado, por 2 a 1, em casa, com o apoio da torcida e conseguiu a primeira vitória no torneio nacional para deixar o último lugar da tabela
Rio de Janeiro – Valeu a pena acreditar! O torcedores do Vasco, que foram a São Januário, nesta sexta-feira, finalmente viram a primeira vitória da equipe no Campeonato Brasileiro. O time carioca superou o Internacional, por 2 a 1, pela oitava rodada do torneio. Andrey e Tiago Reis marcaram para o Cruz-Maltino, no primeiro tempo e Emerson Santos descontou para o Colorado, no segundo.
Com o resultado, o time de Vanderlei Luxemburgo deixou a lanterna e subiu para a 17ª colocação, com seis pontos. O Inter é o quinto colocado, com 13. O Vasco volta a campo na quinta, para encarar o Ceará, novamente em São Januário, antes da parada para a Copa América. Já o Colorado, recebe o Bahia, na quarta.
No embalo da torcida
Mesmo em má fase, o Vasco foi abraçado pela torcida, que cantou para empurrar a equipe em São Januário. Em campo, o time correspondeu e começou melhor, neutralizou os ataques do Inter e criou boas oportunidades. Rossi era a melhor opção ofensiva do time de Vanderlei Luxemburgo. O atacante tentou lances individuais, finalizou com perigo duas vezes e fez um cruzamento que Tiago Reis não conseguiu aproveitar. Do outro lado, o Colorado levou perigo em lances de Nico López e Uendel, em que ambos estavam em posição de impedimento.
Gols e Alívio
O Cruz-Maltino tinha mais iniciativa, mas faltava tranquilidade para concluir as jogadas. Quando o intervalo se aproximava com empate persistindo, os tão esperados gols vascaínos, enfim, saíram. Aos 43, após mais um cruzamento de Rossi, Emerson Santos afastou mal e Andrey pegou bem a sobra para abrir o placar e explodir as arquibancadas. Quatro minutos depois, Marrony sofreu falta na entrada da área. Danilo Barcelos cobrou na trave direita e Tiago Reis aproveitou o rebote para ampliar e encerrar um jejum, que durava desde o dia 31 de março.
Colorado diminui
Na volta do intervalo, o Inter entrou pressionando os donos da casa. O Vasco mal passou do meio-campo nos primeiros quinze minutos de jogo. A estratégia de Odair Hellmann surtiu efeito e depois de um cruzamento de Nico, a bola sobrou para Emerson Santos bater rasteiro no Fernando Miguel.
Pressão até o fim
Depois do gol, o time gaúcho se animou e continuou em busca do empate, comandado por Patrick, que entrou bem no jogo e incendiou o ataque da equipe. A maioria das jogadas coloradas saíam da direita, em cima de Pikachú, que não ia bem na marcação. O Cruz-Maltino resistiu bravamente de todas as formas e Fernando Miguel foi obrigado a trabalhar. No apito final de Heber Roberto Lopes, festa e alívio em São Januário, com os jogadores do clube carioca exaustos em campo.