09/12/2019

Regional Certel/Sicredi 2019

União de Palmas conquista o bicampeonato no Veterano

Regional Certel/Sicredi 2019
União de Palmas conquista o bicampeonato no Veterano
Na Série Prata, a equipe do Brasil de Marques de Souza deu a volta olímpica
Lajeado – A Associação das Ligas do Vale do Taquari (Aslivata) realizou no domingo (8), as finais, da categoria Veterano, do Regional Certel Sicredi 2019.
Veterano
A praça esportiva da Assespe de Venâncio Aires foi o palco da decisão da Série Ouro, da categoria Veterano do Regional Aslivata. O time da casa, do técnico Jorge Sbruzzi, optou em sair jogando com Oneide, Cristiano, Cebola, Paulo Roberto, Traíra, Luis Schossler, Eder Lazari, Sabiá, Gersinho, Vini e Valdir. O União de Palmas de Encantado foi a campo com Fernando, Marciano, Bili, Vinicius, Tiago, Sacola, Dorigon, Didi, Márcio, Moisés e Borsatto. Como árbitro, Fernando Henz, tendo como auxiliares Cassiano Birckheuer, o “Cascão” e Felipe Schossler.
Com a bola rolando, o sol a pino, não impediu que os jogadores se doassem ao máximo, em busca do título da competição. A Assespe lutava também para quebrar o tabu de chegar nas finais e nas últimas temporadas ficar com o vice-campeonato do Regional. Aos 10 minutos de jogo, Sacola mandou contra seu próprio patrimônio. Assespe: 1 a 0. Aos 35, Titi cruzou para a área da Assespe. Borsatto desviou de cabeça e igualou: 1 a 1. Aos dez minutos da etapa complementar, Valdir sofreu penalidade máxima. Sabiá cobrou com perfeição e reestabeleceu a vantagem do elenco venâncio-airense: 2 a 1. Como, o União de Palmas venceu o jogo de ida, a decisão do título foi para os pênaltis. A Assespe teve um início que empolgou os torcedores, com Oneide defendendo duas cobranças. O União de Palmas acaertou o pé, e nas quatro cobranças seguintes, balançou a rede, em todas as cobranças. Já, a Assespe acabou desperdiçando as três últimas, e assim, o União de Palmas comemorou o bicampeonato. Coutinho, Ramon, Marcelo e De Bortoli foram os autores dos gols.
Na decisão da Série Prata, o Brasil de Marques de Souza, do técnico Airton Schmitt, entrou em campo diante do Cruzeiro de Santa Clara, só precisando de um empate, para confirmar o título, já que no compromisso de ida, venceu o oponente. Eder abriu o placar ainda no primeiro tempo. Brasil: 1 a 0. Aos 18 da etapa final, Nego deixou tudo igual: 1 a 1. No entanto, a reação do Cruzeiro parou por aí e o elenco de Marques de Souza soltou o grito de “é campeão”.
Finais – Jogos de Volta – Veterano – Dia: 8/12
Venâncio Aires – Ouro – 10h15min - Assespe (*) 2x1 União de Palmas/Encantado - Pênaltis: União de Palmas - 4x3
Venâncio Aires – Prata – 8h30min - Brasil/Marques de Souza x Cruzeiro/Santa Clara do Sul (*)
(*) Jogam por dois empates