26/01/2020

Inter 2020

Com titulares, D'Alessandro brilha, e Inter vence Pelotas no Beira-Rio

Inter 2020
Com titulares, D'Alessandro brilha, e Inter vence Pelotas no Beira-Rio
Camisa 10 marca golaço de falta e dá assistências para os outros gols, de Edenílson e Guerrero; Felipe Chaves desconta para os visitantes
Porto Alegre – Os titulares do Inter estrearam na temporada e não deram chances ao Pelotas. O Colorado venceu o time do sul do Estado na noite deste domingo por 3 a 1, no Beira-Rio, e mantém os 100% de aproveitamento em duas rodadas do Gauchão. O brilho foi todo de D'Alessandro, que marcou um golaço de falta e deu as assistências para Edenílson e Guerrero marcarem. Felipe Chaves descontou para o Lobo.
Tabela e agenda
Os dois jogos com vitória colocam o Inter na liderança do Grupo A, com os mesmos seis pontos do Ypiranga, só que superior no saldo de gols. Na próxima quarta-feira, enfrenta o São Luiz, em Ijuí, às 21h30. Já o Pelotas soma apenas um ponto na tabela e fica em penúltimo. Também na quarta, visita o Ypiranga, em Erechim, às 20h.
O dono do jogo
O Inter comandou todas as ações da partida. Mas foi quando D'Alessandro tocou na bola que a magia aconteceu. Aos 24 do primeiro tempo, fez um lançamento primoroso para Edenílson abrir o placar. Aos 14 do segundo, cobrou falta com perfeição da ponta direita da área e não deu chance para o goleiro Douglas Silva. Ainda cobrou escanteio na cabeça de Guerrero, aos 25, para o peruano marcar o terceiro.
Primeiro tempo
Na estreia dos titulares, o Inter mostrou novamente aquilo que o técnico Eduardo Coudet avisou: posse de bola, toques rápidos e muita pressão na marcação. Desta forma, o Pelotas quase não assumia as ações. Depois de dominar o adversário, D'Alessandro lançou Edenilson aos 24 minutos, e o volante tocou por baixo do goleiro: 1 a 0. O domínio do jogo fez o time diminuir a intensidade, mas sem tomar sustos do adversário. Aos 45, Moledo cabeceou com perigo para fora.
Segundo tempo
Nada mudou na volta do intervalo. Aos oito, Cuesta cabeceou rente à trave. Seis minutos depois, D'Alessandro sofreu falta e ele mesmo cobrou no ângulo esquerdo de Douglas para ampliar. Na melhor chance do Pelotas até o momento, Hugo Sanches chutou, a bola bateu em Moledo e Tadeu e enganou Lomba. Mas o goleiro espalmou no reflexo, aos 18. Aos 25, D'Alessandro cobrou mais um dos inúmeros escanteios da partida e Guerrero cabeceou sozinho: 3 a 0. Na sequência, após bela troca de passes, Rodinei saiu na cara do gol e chutou por cima. Mas o Lobo conseguiu descontar. Wallacer cobrou escanteio da esquerda, Lomba titubeou, e Felipe Chaves completou para o gol.