15/03/2020

Inter 2020

Com dois de Nonato, Inter goleia o São José e segue invicto no 2º turno do Gauchão

Inter 2020
Com dois de Nonato, Inter goleia o São José e segue invicto no 2º turno do Gauchão
Sem maiores dificuldades nos 90 minutos, Colorado alcança mais um feito na competição para manter-se na liderança da chave
Porto Alegre – Após um Gre-Nal movimentado no meio da semana, o Internacional voltou a campo, porém agora para encarar o São José, pela 3ª rodada do segundo turno do Gauchão. Mesmo sem a presença do público nas arquibancadas, tratou de não decepcionar sua torcida e goleou o rival por 4 a 1.
Superando a intensidade parte dos mandantes nos primeiros minutos, o Inter, aos poucos, foi controlando o jogo. Com dois gols ainda na primeira etapa sendo marcados por Edenílson e Nonato, na segunda etapa os visitantes ainda conseguiram marcar mais duas vezes outra vez com Nonato e Thiago Galhardo, dando tempo para Rafael Goiano descontar, mas era tarde.
Com o resultado, a equipe de Eduardo Coudet chegou aos 7 pontos, mantendo a liderança do Grupo A. Já o time comandado por Everton Vanoni acabou caindo duas posições, ocupando agora o 4º lugar com 6 pontos, porém no Grupo B.
SÃO JOSÉ IMPÕE PRESSÃO NO INÍCIO
Fazendo valer o fator casa, a equipe do São José praticamente sufocou o Internacional logo nos primeiros minutos. Com boas chegadas de Márcio Lima, Rafael Tavares e Thayllon, o Colorado pouco conseguiu chegar em seu campo de ataque, sendo a única vez com Moisés, porém parando na defesa do goleiro Fábio.
COLORADO MELHORA, MAS PERDE CHANCES CRIADAS
Passado o momento de intensidade por parte dos donos da casa, os comandados de Coudet, aos poucos, passaram a ditar mais o ritmo do confronto. Apostando em Pottker e Sarrafiore, por muito pouco não conseguiu abrir o marcador no Passo d'Areia devido as intervenções de Fábio, além da postura atenta da linha defensiva do rival.
INTENSIDADE SURTE EFEITO E INTER ABRE VANTAGEM AINDA NA PRIMEIRA ETAPA
Com alguns lances de perigo superados pela zaga do São José, aos 34 a equipe local não conseguiu segurar o placar parcial sem gols antes do término da etapa inicial. Em bonita cobrança de falta, Edenílson, quase mandando no ângulo, deixou o dele no confronto. 1 a 0.
Na sequência, aproveitando o embalo, o Colorado tratou de aumentar a diferença. Aos 38, aproveitando passe de Moisés, Nonato, mandando de primeira, guardou também. 2 a 0.
SÃO JOSÉ NÃO DESANIMA E BUSCA REAÇÃO
Precisando de dois gols para sonhar com um provável empate, o Zequinha não quis saber de deixar o Inter administrar o resultado. Mesmo sofrendo uma primeira investida de Sarrafiore, a equipe de Everton ainda arriscou em duas chegadas com Marcão e Rafael Tavares, porém somente na segunda é que Danilo acabou tirando com um soco.
MUDANÇAS EM AMBOS OS TIMES
Se por um lado o São José necessitava de um empenho para seguir com chances de não sair derrotado do confronto, a ideia foi tentar modificar um pouco o meio-campo. Colocando Alexandre Camargo no lugar de Crystopher, o setor acabou ganhando um gás extra até os minutos finais.
Já a ideia de Coudet foi dar mais atenção ao setor defensivo. Mesmo anulando as jogadas do adversário, o volante Zé Gabriel deixou seu lugar para o zagueiro Pedro Henrique.
INTER VOLTA A MARCAR MAIS DUAS VEZES E DESANIMA O SÃO JOSÉ
Ainda na busca por um gol, a equipe da casa não conseguia finalizar com precisão contra o gol de Danilo. Com isso, aproveitando-se de alguns erros por parte do rival, outra vez ele, Nonato, tratou de marcar mais um para os visitantes, após passe de Thiago Galhardo. 3 a 0.
E o camisa 17 não só deu uma assistência, mas também fez questão de deixar o dele. Com um pênalti marcado pela arbitragem no lance em que Nonato foi derrubado por Marcão dentro da área, Galhardo não perdoou e mandou uma bomba no meio do gol de Fábio. 4 a 0.
RAFAEL GOIANO DESCONTA NO FIM
Com uma grande diferença no marcador, Rafael Goiano ainda conseguiu marcar o gol de honra do São José. Aproveitando rebote no chute de Tavares, o zagueiro apenas empurrou para as redes fechando o confronto em 4 a 1.