29/07/2020

Inter 2020

Inter domina Aimoré, vence com gols de Guerrero e vai à semi

Inter 2020
Inter domina Aimoré, vence com gols de Guerrero e vai à semi
Jogo que aconteceu no Centro de Treinamento Morada dos Quero-Queros em gramado muito bom teve Colorado vencendo com dois tentos de Paolo Guerrero
Alvorada – Independente do que ocorra na última rodada da fase classificatória do Gauchão, o Internacional estará na semifinal. Diante do Aimoré no CT Morada dos Quero-Queros em Alvorada, o clube se valeu do gramado em boas condições tão pedido pelo técnico Eduardo Coudet e construiu um autoritário placar de 2 a 0 com ambos os gols marcados por Guerrero.
Agora, enquanto o Índio Capilé amarga a lanterna do Grupo B com sete pontos, o time colorado se isola na ponta do Grupo A com 11 unidades abrindo quatro do terceiro colocado da chave, o Juventude.
Quebrou a barreira
Em meio a dificuldade nos primeiros minutos de envolver a defesa do Aimoré com sua conhecida movimentação frenética e troca de passes mais rápida, o Inter assustou quando Guerrero recebeu boa bola que veio do lado direito e bateu com a perna esquerda para ótima defesa de Luis Felipe. O zagueiro Bruno Fuchs também deu sua contribuição ofensiva aproveitando rebote de escanteio e batendo cruzado para outra intervenção do goleiro do Aimoré.
Contudo, aos 19 minutos, a jogada chegou na outra ponta do campo onde Thiago Galhardo conseguiu excelente enfiada de bola para Guerrero ficar novamente cara a cara com Luis Felipe. Dessa vez, o centroavante peruano bateu rasteiro de pé esquerdo para vencer o arqueiro adversário e abrir o marcador na Morada dos Quero-Queros.
Vida tranquila
Se na meta defendida pelo goleiro do Índio Capilé a rotina era bastante agitada, tendo que evitar o gol de Thiago Galhardo depois da inauguração do placar em chute forte de fora da área (além de batida forte de Boschilia chegando livre de marcação), o mesmo não podia se dizer de Marcelo Lomba.
Com dificuldades de conseguir aplicar sua clara estratégia de aproveitar os espaços e também erros de passe do time colorado, o Aimoré não conseguia colocar Lomba no jogo ao ponto de passar os primeiros 45 minutos sem ver uma única finalização sequer ir em direção ao gol do Inter.
E continuou o bombardeio
Da mesma maneira que aconteceu nos primeiros 45 minutos, o Internacional era todo pressão diante do Índio Capilé que não esboçava qualquer demonstração de reagir ao ponto de trazer receio a zaga do time de Eduardo Coudet. Assim, depois de outras duas ótimas defesas de Luis Felipe, um tento anulado de Thiago Galhardo e uma "furada" na linha do pênalti de Guerrero, o camisa 9 do time colorado de novo esteve na cara do gol aos 15 e não desperdiçou, batendo na saída do arqueiro adversário.
Reduziu (sem sustos) o ritmo
Com o segundo tento e a entrada de nomes diferentes dos que começaram (Boschilia e D'Alessandro nas vagas de Edenilson e Marcos Guilherme), o volume de oportunidades teve uma diminuição considerável, mas nem assim o time do interior gaúcho demonstrou condições de ameaçar a dominância do time colorado.
Dentro desse panorama, além de Paolo Guerrero ter feito gol anulado pela arbitragem assinalando impedimento, o time de Porto Alegre teve sua melhor chance de fazer o terceiro em pênalti de Wagner Freitas sobre Patrick. Todavia, D'Ale bateu muito alto, acertou o travessão de Luis Felipe e o marcador final permaneceu em 2 a 0 na cidade de Alvorada.