10/01/2021

Inter 2021

Inter vence o Goiás e fica a três pontos da liderança do Brasileirão

Inter 2021
Inter vence o Goiás e fica a três pontos da liderança do Brasileirão
Colorado contou com gol de Praxedes para ganhar no Beira-Rio e colocar pressão no São Paulo
Porto Alegre – O Inter aproveitou uma rodada favorável com tropeços dos concorrentes para se aproximar da liderança do Campeonato Brasileiro. Em jogo que se mostrou complicado contra um integrante da zona de rebaixamento, o Colorado contou com o primeiro gol de Praxedes como profissional para vencer o Goiás por 1 a 0, no Beira-Rio, neste domingo (10).
Segundo colocado, o time de Abel Braga agora soma 53 pontos contra 56 do líder São Paulo, que perdeu o clássico para o Santos, no Morumbi. O Inter ainda abriu quatro de vantagem para Atlético-MG (3º), Flamengo (4º) e Grêmio (5º).
Os mineiros jogam nesta segunda-feira contra o Bragantino, no interior paulista. O time carioca foi derrotado pelo Ceará enquanto o Tricolor apenas empatou com o Fortaleza nesta rodada. O Colorado volta a campo no próximo domingo para receber o Fortaleza, no Beira-Rio, antes de ter dois confrontos diretos contra São Paulo e Grêmio nas rodadas seguintes.
O Inter entrou em campo para enfrentar o Goiás sabendo das derrotas de São Paulo e Flamengo na abertura da rodada de domingo. O anúncio da escalação teve a confirmação do goleiro Marcelo Lomba após a lesão sofrida na vitória sobre o Ceará.
O ataque contou com o retorno de Thiago Galhardo na vaga do suspenso Yuri Alberto. Também fora pelo acúmulo de amarelos, Edenilson deu lugar a Nonato no meio-campo. A formação do Goiás, com três zagueiros e um meio-campo sólido, já indicava um jogo bastante físico no Beira-Rio em domingo de reestreia da rede com estilo "véu de noiva", pedido da torcida que foi atendido pela nova diretoria.
Precisando da vitória para se aproximar do São Paulo, o Inter encontrou dificuldades para superar o bloqueio defensivo do Goiás ao longo do primeiro tempo. Com pouco espaço pelo meio, o time de Abel Braga apostou nos cruzamentos. Aos 13, Thiago Galhardo subiu mais alto do que a defesa em bola cruzada por Moisés e mandou perto. O lateral-esquerdo tentou na sequência um chute cruzado, que bateu no lado de fora na nova rede.
Apesar das oportunidades iniciais, a partida era de poucas ações ofensivas. O Inter tentava, mas não conseguia superar a marcação eficiente dois goianos. Com o cronômetro chegando aos 24 minutos, a árbitra Edina Alves Batista parou a partida para reidratação dos atletas em razão do forte calor. Na volta, foi o Goiás que levou perigo em bela jogada de Jefferson, que fez a fila pelo lado esquerdo e chutou cruzado. No meio da confusão na pequena área, Moisés conseguiu afastar.
O Inter seguiu tendo no jogo aéreo e nas bolas paradas as suas melhores situações. Aos 36, Moisés bateu uma falta fechada e Tadeu fez a defesa. Logo depois, Dourado conseguiu cabecear em escanteio batido por Moisés e mandou por cima. Mas através deste tipo de jogada que o Colorado chegaria ao seu gol.
Aos 42 min, a bola veio do outro lado. Da direita, Rodinei bateu o escanteio com perfeição e o meia Praxedes apareceu como um centroavante para testar sem chances para Tadeu. A nova rede foi estufada para o primeiro gol como profissional do garoto de 18 anos.
Antes do intervalo, o Inter ainda levou sustos. O primeiro foi um gol de Rafael Moura anulado por impedimento, em lance que Marcelo Lomba fez duas grandes defesas antes da finalização do centroavante. Depois, Galhardo sentiu lesão na panturrilha esquerda e não pôde voltar para o segundo tempo. Abel Hernández foi a opção para o ataque.
Mesmo em desvantagem, o Goiás não adotou postura ofensiva no começo da etapa final. O Inter então precisou fazer um jogo inteligente. Ao mesmo tempo em que buscava o segundo gol para ter tranquilidade, não podia se expor e dar o contra-ataque estando na frente no marcador. O jogo do segundo tempo teve um ritmo até mais lento do que o do primeiro.
O Colorado chegou a ter duas boas finalizações com Praxedes e Nonato, mas ambas foram para fora. Os dois treinadores fizeram duas mudanças. No Goiás, três trocas ao mesmo tempo com as entradas de Vinícius, Daniel Oliveira e Índio. Abel respondeu com Marcos Guilherme e Lindoso nos lugares de Caio Vidal e Nonato. Depois, Patrick deu lugar ao garoto Peglow a 10 minutos do fim.
A reta final do jogo teve Lomba como protagonista. Primeiro, porque ele se atrapalhou em um cruzamento fechado e precisou ser auxiliado por Moledo, que afastou o perigo.
Depois, o goleiro foi bem tendo reação rápida para pegar firme quando Vinícius aparecia na pequena área para finalizar após bola dividida entre Moledo e Fernandão na área colorada. Apesar dos minutos finais de tensão, o Inter confirmou a sua quinta vitória seguida no Brasileirão e a aproximação ao São Paulo.